Ministro da Defesa Nacional saúda apreensão de navios ilegais em águas territoriais de Angola

Luanda, Angola (PANA) - A apreensão de dois navios, com bandeiras estrangeiras, traficando combustível em águas territoriais angolanas é um sinal de "vigilância" à plataforma marítima nacional, afirmou em Luanda o ministro angolano da Defesa Nacional, João Lourenço.

O governante fez esta declaração à imprensa, quarta-feira última no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro de Luanda, sobre o facto ocorrido quinta-feira última, a 11 milhas da costa angolana, envolvendo os navios Topia Pearl e Armada Tuah, com bandeiras panamenha e malaia respectivamente, fazendo um transbordo ilícito de combustível.

De acordo com o ministro, os dois navios foram escoltados até à Baía de Luanda, onde se encontram sob custódia.

A apreensão dos mesmos pelas forças de defesa e segurança nacionais “significa que há vigilância e que,  hoje, os crimes praticados no mar, nas nossas águas, já não ficam impunes”, frisou João Lourenço, quando embarcava para Swakpomund, na Namíbia, a fim de participar na 19ª reunião da Comissão Mista de Defesa e Segurança prevista para quarta e quinta-feiras.

-0- PANA DD/DD 15out2015

15 Outubro 2015 07:10:49


xhtml CSS