Ministro cabo-verdiano eleito vice-presidente da Assembleia-geral da OMT

Praia, Cabo Verde (PANA) – O ministro cabo-verdiano da Economia e Emprego, José da Silva Gonçalves, foi eleito, quarta-feira, vice-presidente da 22ª Assembleia-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), cujos trabalhos se iniciaram terça-feira, em Chengdu, na China, apurou a PANA de fonte segura.

De acordo com uma fonte governamental, a eleição do membro do Executivo que tutela o setor do Turismo, abre “boas perspetivas” para Cabo Verde vir a ser eleito membro do Conselho Executivo daquela organização num escrutínio marcado para esta sexta-feira 15 de setembro.

A candidatura cabo-verdiana, apresentada em março último ao órgão máximo da OMT, deu passo importante depois da Comissão para África ter colocado, terça-feira última, por unanimidade, o país no topo de uma lista onde figuram países como a República Democrática do Congo, o Sudão e o Zimbabwe.

Conforme o diretor-geral do Turismo, Carlos dos Anjos, as autoridades cabo-verdianas estão confiantes na eleição do país para ocupar um dos cinco lugares disponíveis para África no Conselho Executivo da OMT.

Ele recordou que Cabo Verde foi encorajado pela própria OMT a concorrer ao Conselho Executivo da organização.

Carlos dos Anjos sublinhou que, caso a candidatura de Cabo Verde seja bem-sucedida, será um “grande orgulho e um desafio”, porque, frisou, o país estará no centro da tomada das decisões em relação ao turismo internacional.

Com sede em Madrid, Espanha, a OMT conta, presentemente, com 157 países membros, sete territórios e mais de 300 afiliados, representando o setor privado, instituições educacionais, associações e autoridades locais de turismo.

-0- PANA CS/DD 14set2017

14 Setembro 2017 11:10:35


xhtml CSS