Ministra zambiana do Ensino Superior preconiza lei contra violência doméstica

Lusaka, Zâmbia (PANA) – A ministra zambiana do Ensino Superior, Nkanda Luo, defende leis que reprimam a violência doméstica que, segundo ela, representa um aspeto importante do problema da violência contra as mulheres, noticiou esta segunda-feira o diário estatal Times of Zambia.

O momento chegou para promulgar um projeto de lei contra o assédio sexual que reforçará a lei sobre a violência doméstica, uma forma séria de violência contra as mulheres que não chama muita atenção como outros atos de violência na sociedade, advogou a governante durante uma reunião com membros do Parlamento sobre os direitos e a saúde reprodutiva.

Luo pede que uma moção de iniciativa parlamentar seja apresentada ao Parlamento para reforçar a lei sobre as violências contra as mulheres com ênfase para a violência no seio da família, para a desfloração e casamentos precoces.

"A questão da violação sexual no seio do casamento representa também um enorme problema. Nós devemos refletir e ver como poderemos abordar estas questões de violação”, concluiu.

-0- PANA MM/MA/NFB/JSG/FK/DD 18dez2017

18 ديسمبر 2017 13:43:59


xhtml CSS