Ministra nigeriana da Aviação defende levantamento da suspensão de Dana Air

Lagos, Nigéria (PANA) – A ministra nigeriana da Aviação, Stella Oduah, defendeu a decisão do Governo de levantar a suspensão que afetava a companhia aérea local “Dana Air” na sequência do despenhamento de um dos seus aparelhos ocorrido a 3 de junho último na periferia da cidade de Lagos e que fez pelo menos 159 mortos.

Falando numa entrevista à televisão local de Lagos sexta-feira, a ministra afirmou que a suspensão da companhia aérea devido ao acidente é contrária às normas internacionais vigentes no setor.

Ela afirmou que a melhor coisa a fazer quando tais acidentes ocorrem é "imobilizar o avião implicado e proceder a um inquérito antes de emitir um ato de acusação".

Oduh declarou, no entanto, que a «Danar Air » devia reunir as condições prévias antes de retomar as suas atividades mas ela não indicou quais.

A governante nigeriana reagia às críticas de famílias das vítimas do acidente, que declararam que o Governo agiu de forma precipitada ao pedir à companhia aérea a retomada das suas atividades, quando a causa do acidente ainda não era conhecida, e que as famílias afetadas ainda não estavam completamente indemnizadas.

« Os corações feridos estão a sofrer e eles não foram considerados», declarou Obinna Ajuonuma, filho de Levi Ajuonuma falecido no acidente.

Quarta-feira, o Ministério da Aviação anunciou o levantamento da suspensão da licença de exploração da « Dana Air », sublinhando que o Governo estava satisfeito com a navegabilidade da companhia após uma verificação técnica, operacional e financeira rigorosa desta última.

Os atores da Aviação na Nigéria saudaram igualmente a decisão do Governo de levantar a suspensão. A “Dana Air” anunciou que iria brevemente anunciar a retomada das suas atividades.

-0- PANA SEG/AKA/TBM/IBA/FK/IZ 07set2012

07 Setembro 2012 21:08:10




xhtml CSS