Mini-cimeira africana sobre Darfur confirmada em Tripoli

Tripoli- Líbia (PANA) -- O secretário para a informação do Comité Popular líbio (Ministério) das Relações Exteriores Hassouna Chaouch afirmou segunda-feira em Tripoli que a mini-cimeira africana sobre Darfur (oeste sudanês) vai ter finalmente lugar quarta-feira na capital líbia.
Este encontro, no qual vão participar os países vizinhos do Sudão, foi abordado segunda-feira pelo guia líbio Muamar Kadafi e pelo seu homólogo centro-africano François Bozizé durante uma conversa telefónica.
A mini-cimeira africana vai debruçar-se sobre a crise em Darfur onde um conflito opõe, desde Fevereiro de 2003, grupos rebeldes que lutam por uma partilha mais equitativa das riquezas a nível do poder central aos Djandjawids, milícias árabes aliadas do governo sudanês.
Mais de 300 mil pessoas morreram e mais de dois milhões de outras foram forçadas a abandonar as suas terras nesta conturbada região do oeste do Sudão.
Da agenda do encontro constam igualmente as tensões crescentes entre o Sudão e o seu vizinho Tchad que acusa o primeiro de albergar e apoiar os rebeldes tchadianos que a 18 de Dezembro atacaram a localidade tchadiana de Adré na fronteira entre os dois países.
O Sudão desmentiu a informação mas o Presidente tchadiano Idriss Déby inisiste em acusar o seu homólogo Omar el-Bachir de tencionar desestabilizar o seu país, estimando que, assim sendo, ele não "merece nem acolher em Cartum (capital sudanesa) a cimeira africana agendada para 23 a 24 de Janeiro, nem se tornar no próximo presidente em exercício da organização panafricana.

03 Janeiro 2006 19:52:00




xhtml CSS