Mineiras pedem ajuda aos chefes de Estado africanos

Lusaka- Zâmbia (PANA) -- A Rede das Mineiras Africanas (RMA) apelou aos líderes do continente reunidos em Sirtes (Líbia) na quinta cimeira da União Africana (UA) para prestar apoio financeiro e equipamento às suas filiadas no desenvolvimento das suas actividades.
Namakau Kaingu, coordenadora das Rede, instou segunda-feira os líderes africanos a aproveitar o seu encontro na Líbia para pôr em prática as estratégias de relançamento económico previstas na altura da criação da Nova Parceria para o Desenvolvimento de África (NEPAD).
  Ela explicou que as mulheres africanas estavam prontas para aproveitar as oportunidades que se lhes oferecem na indústria mineira dos seus países, mas que estes projectos não poderão realizar-se sem o capital necessário e equipamentos adequados.
Kaingu observou que os governos do continente africano vêm há muito prometendo às mineiras uma ajuda sob a forma de capitais e de material, mas que até agora nada de concreto foi feito para ajudar estas mulheres, embora nalguns casos certos países estrangeiros estavam dispostos a apoiar as mineiras de pequena escala com financiamentos e equipamentos.
A maior parte das mulheres do continente que trabalham actualmente no sector mineiro operam essencialmente nos domínios das pedras preciosas onde as actividades de mineração podem realizar-se mesmo com instrumentos rudimentares.
  Kaingu nota que embora as necessidades financeiras a este nível sejam menos pesadas que as relativas à exploração dos metais de base como o cobre e outros, as pessoas envolvidas carecem também de determinadas habilidades em domínios tais como a gemologia e a comercialização das pedras preciosas e semi-preciosas.
  As mineiras precisam de uma formação suplementar nos domínios da conservação do ambiente, da segurança nas minas e da protecção da saúde dos trabalhadores que extraem as pedras, disse.
Para além de integrar a direcção da Rede das Mineiras Africanas, Kaingu é uma das pioneiras da criação de uma associação de mineiras do seu país, a Zâmbia.
  

05 Julho 2005 15:52:00




xhtml CSS