Militantes de Ouattara ocupam Embaixada da Côte d'Ivoire no Mali

Bamako, Mali (PANA) – Cerca de 50 militantes da Coligação dos Houphouetistas para a Democracia e Paz (RHDP), agrupamento político que apoiou a candidatura de Alassane Dramane Ouattara na segunda volta das eleições presidenciais ivoirienses a 28 de Novembro último, invadiram quarta-feira a Embaixada da Côte d'Ivoire no Mali, informa a Agência Maliana de Notícias (AMAP).

Os manifestantes impediram o embaixador Ahipeaud Guebo Noël Emmanuel de aceder ao seu gabinete. O diplomata chegou alguns minutos após a ocupação da chancelaria situada no bairro Hamdallaye no oeste de Bamako.

Eles pronunciavam slogans hostis ao Presidente cessante, Laurent Gbagbo. « ADO (Alassane Dramane Ouattara), vai desalojar Laurent Gbagbo », gritavam.

Foi preciso a intervenção das forças da ordem para que os manifestantes saíssem do quintal da Embaixada sem causar danos.

Durante uma conferência de imprensa após estes incidentes, o embaixador ivoiriense criticou vivamente a imprensa maliana que acusou de apoiar um candidato, fazendo alusão a Alassane Ouattara. « Desde o início desta crise, artigos de imprensa virulentos contra a Côte d'Ivoire foram escritos pelos vossos jornais », deplorou Ahipeaud.

« O que nos ulcerou é que estes jornais, em vez de buscar saber o que aconteceu realmente, tomaram posição para um candidato. No nosso espírito, um jornal dá informações baseando-se em fontes seguras », declarou o diplomata ivoiriense.

Manifestações similares foram organizadas na Embaixada da Côte d'Ivoire em Paris (França)  e em Bruxelas (Bélgica) pelos militantes de Ouattara, reconhecido pela comunidade internacional como  vencedor das presidenciais ivorienses, para permitir aos diplomatas nomeados por este último substituir os que estão em função atualmente e que são próximos de Laurent Gbagbo, que contesta a vitória do seu opositor e mantém-se no poder.

-0- PANA GT/TBM/SOC/MAR/TON 30Dezembro2010

30 Dezembro 2010 12:54:41




xhtml CSS