Milhares de crianças sem abrigo expostas a doenças potencialmente mortais na Côte d'Ivoire

Dakar, Senegal (PANA) – Enquanto se aproxima a estação das chuvas na Côte d'Ivoire, milhares de crianças expulsas das suas famílias pelos confrontos continuam a amontoar-se em abrigos obsoletos expondo-se a doenças potencialmente mortais, segundo Save the childre (Organização Não Governamental, ONG).

Cerca de cinco meses após o início da crise pós-eleitoral, que mergulhou o país num conflito, muitas famílias deslocadas devido a confrontos continuam a viver e dormir no ar livre, indica a ONG num comunicado divulgado quarta-feira à noite em Dakar.

A isto acrescrentar-se-ia a falta de água potável que as expõe a infeções respiratórias bem como a outras doenças ligadas à água.

« Não temos casa, a chuva chega e dormimos fora. Se chover, não podemos dormir. As pessoas estão doentes. Não podemos continuar a viver assim », disse Célestine, mãe de três filhos residentes num campo de deslocados em Duékoué, no oeste do país.

Segundo o comunicado, Save the Children está a trabalhar igualmente noutros campos onde jovens famílias se encontram em condições desesperadas.

Numa zona de acolhimento instalada na igreja de Guiglo, mais de quatro mil pessoas vivem fora sem tendas, esperando por coberturas de plástico ou mosquiteiros que devem chegar esta semana.

As condições nestes campos já são horríveis, e só vão agravar-se com a chegada da estação das chuvas. Sem água potável, nem abrigo muito menos acesso aos cuidados de saúde, as crianças nestes campos poderão encontrar-se presas num terreno fértil de doenças com consequências catastróficas », advertiu o porta-voz de Save the Children no oeste da Côte d'Ivoire, Annie Dobmer-Roy.

Segundo alguns peritos, o início da estação das chuvas poderá procovar um forte aumento das doenças como a diarreia aguda, o paludismo e  infeções respiratórias.

Os campos já foram afetados por fortes chuvas e os residentes estão confrontados com o recrudecimento da doença. O pouco de água disponível muitas vezes insalubre e não tratada faz com que a diarreia já tenha matado várias pesssoas das quais crianças.

-0- PANA COU/JSG/FK/DD 05maio2011

05 mai 2011 16:42:01




xhtml CSS