MINUAD saúda acordo entre Governo e rebeldes sudaneses

Dar es Salaam- Tanzânia (PANA) -- A Missão Conjunta das Nações Unidas e União Africana em Darfur (MINUAD) congratulou-se esta quarta-feira com a assinatura do acordo-quadro para a resolução do conflito em Darfur (oeste do Sudão) entre o Governo sudanês e o Movimento para a Igualdade e Justiça (MJE) em Doha, a capital do Qatar.
O chefe da MINUAD, Ibrahim Gambari, que esteve em Doha para assistir à cerimónia, felicitou as duas partes pelos seus esforços envidados, indica um comunicado da missão híbrida.
Segundo a mesma nota, a MINUAD espera a aplicação rápida deste acordo, em particular no que diz respeito à cessação das hostilidades e insta todas as outras partes beligerantes a juntarem-se a esta iniciativa.
"O conflito em Darfur não pode ser resolvido por meios militares, mas apenas através duma solução política não- exclusiva no quadro dum acordo político que vai igualmente envolver a sociedade civil de Darfur e as outras partes em causa", declarou Gambari.
Esta assinatura é o resultado dum acordo preliminar assinado a 20 de Fevereiro de 2010 em N'Djamena, no Tchad, entre os representantes do Governo do Sudão e do MJE.
O responsável da MINUAD declarou-se igualmente encorajado por este recente desenvolvimento e desejou que ele culminasse noutras iniciativas destinadas a restabelecer rapidamente a paz, a segurança e a estabilidade em Darfur, permitindo assim uma recuperação rápida e o desenvolvimento socioeconómico desta província assolada pela guerra desde Fevereiro de 2003.

24 Fevereiro 2010 16:00:00




xhtml CSS