Meningite faz 29 mortos em um mês no Togo

Lomé, Togo (PANA) – A epidemia de meningite que abala o noroeste do Togo e se alarga a outras províncias próximas fez 29 mortos no espaço de um mês, soube a PANA esta sexta-feira de fontes sanitárias em Lomé, a capital do país.

Entre 1 e 28 de janeiro último, 80 casos e oito mortes foram registados, e hoje o balanço está avaliado em 417 casos e 29 mortos, segundo um comunicado publicado quinta-feira à noite pelo Governo no termo duma reunião do Conselho de Ministros.

Segundo o Governo, a epidemia alarga-se à povíncia Central com 38 casos dos quais duas mortes e à localidade das Savanas (43 casos com três mortes).

As zonas  mais afetadas são a de Dankpen, no noroeste do país, e a província de Kara, no norte.

O ministro da Saúde anunciou o lançamento  brevemente de operações em massa de imunização em todas as zonas afetadas.

O Governo disponibilizou meios para o tratamento  dos doentes com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS),  do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e de outros parceiros técnicos.

A zona norte e sobretudo  a província das Savanas no Togo constituem a cintura da epidemia  de meningite, nomeadamente neste perídodo do ano, lembre-se.

-0- PANA FAA/JSG/FK/IZ 19fev2016

19 Fevereiro 2016 14:11:48


xhtml CSS