Médicos terminam greve de um ano na Nigéria

Lagos, Nigéria (PANA) – Os médicos das instituições públicas de saúde no Estado de Anambra, no sudeste da Nigéria, puseram termo quinta-feira à sua greve de 13 meses, anunciou terça-feira a imprensa local.

O presidente da secção deste Estado da Associação Nigeriana dos Médicos (NMA),  Emmanuel Ekwesianya, explicou que os médicos decidiram suspender a greve no interesse do povo nigeriano.

"Servimos o povo e não o Governo e constatamos que é este povo que continuou a sofrer nestes últimos 13 meses em que os médicos estavam em greve", indicou.

Os médicos decretaram esta greve para obrigar o Governo a aumentar os seus salários e rejeitaram uma primeira oferta governamental de aumento salarial de 60 porcento.

-0- PANA SEG/FJG/JSG/CJB/IZ 28fev2012

28 Fevereiro 2012 16:11:04


xhtml CSS