Médicos Sem Fronteiras envia voluntários a países da África Ocidental afetados por Ébola

Bruxelas, Bélgica (PANA) - A organização humanitária Médicos Sem Fronteiras vai enviar na próxima semana 40 voluntários aos três países oeste-africanos afetados pelo vírus do Ébola (Serra Leoa, Guiné Conakri e Libéria), anunciou terça-feira à imprensa o diretor das operações da MSF na Bélgica.

Brice le Vingne disse que os médicos, enfermeiros e outros auxiliares de saúde voluntários beneficiam atualmente duma formação intensiva para evitar contaminação e tratar os pacientes atingidos pelo vírus do Ébola.

Esta preocupação é o principal problema do pessoal de saúde depois do anúncio da primeira contaminação na Europa duma enfermeira espanhola que tratou de missionários regressados da Libéria, onde contraíram a doença. Os dois padres morreram.

A União Europeia pediu explicações ao Governo espanhol porque os controlos sanitários teriam sido deficientes.

A psicose é real na Europa onde os Governos receiam uma propagação da terrível epidemia que já matou mais de três mil pessoas na África Ocidental, das quais mais de duas mil pessoas na Serra Leoa.

-0-  PANA AK/BEH/IBA/MAR/TON  07outubro2014

07 Outubro 2014 18:32:50




xhtml CSS