Medianeiros sul-africanos no Zimbabue para atenuar tensão política

Harare, Zimbabue (PANA) – Uma equipa de medianeiros sul-africanos chegou ao Zimbabue, quarta-feira, para negociações com a coligação governamental deste país para atenuar a tensão política em previsão das próximas eleições, soube-se de fonte oficial no local.

Estes medianeiros vão manter encontros com o Presidente zimbabueano, Robert Mugabe, e Morgan Tsvangirai., de acordo a fonte.  

A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) nomeou um medianeiro sul-africano no Zimbabue após este país se ter mergulhado numa crise política prolongada que põe em conflito o Governo e a oposição.

O Presidente Mugabe foi obrigado a aceitar um compromisso, em 2009, e cooptar a oposição no Governo para um período de dois anos findo no início de fevereiro corrente.

Novas eleições se vislumbram no país e a tensão política sobe novamente em previsão deste escrutínio que Mugabe quer ver organizado antes do mês de junho próximo.

A oposição, encabeçada pelo primeiro-ministro Morgan Tsvangirai, opõe-se a este projeto insistindo uma reforma prévia do sistema eleitoral.

Houve um ressurgimento dos confrontos desde há très semanas entre  partidários de Mugabe e de Tsvangirai, em que foram lançados coquetéis molotov.

A SADC declarou-se profundamente preocupada por estes cenários, o que levou o Presidente sul-africano, Jacob Zuma, a enviar uma delegação para discutir com as autoridades zimbabueanas.

A tensão subiu após Tsvangirai ter declarado que o Zimbabue está suficientemente maduro para protagonizar tumultos do tipo egípcio e tunisino a fim de obrigar Mugabe a retirar-se do poder que exerce desde há 31 anos.

-0- PANA RS/VAO/FJG/TBM/IBA/CJB/DD   23fev2011

23 Fevereiro 2011 16:30:34




xhtml CSS