Mauritânia e União Europeia examinam cooperação

Nouakchott, Mauritânia (PANA) - O Governo mauritano e a União Europeia (UE) iniciaram, segunda-feira, os trabalhos da primeira revisão da cooperação entre as duas partes, soube a PANA de fontes oficiais.

A cerimónia de abertura dessas reuniões foi presidida conjuntamente pelo ministro da Economia e Finanças, Moctar Ould Diaye, e pelo embaixador chefe da delegação da União Europeia (UE) em Nouakchott, Giacoma Durazzo.

A cooperação para o desenvolvimento, o diálogo político, o acordo de pescas e as intervenções do Banco Europeu de Investimento (BEI) no domínio das minas e das telecomunicações são alguns dos pontos da agenda.

A UE apoia a Mauritânia em vários domínios como boa governação, reforma financeira,  infraestruturas básicas, segurança alimentar, agricultura sustentável, Estado de direito e sociedade civil, além de intervenções do Fundo Fiduciário de Emergência dos Estados do Sahel a favor do emprego dos jovens, da organização da migração, da promoção do setor privado e da limitação dos efeitos das mudanças climáticas.

Estes diferentes domínios de cooperação constituem centros de interesse no quadro das ações do Governo que planificou, nos últimos anos, diferentes estratégias de aplicação que permiram preservar os equilíbrios macroeconómicos apesar do défice pluviométrico, declarou o ministro mauritano da Economia e Finanças, Moctar Ould Diaye, na sua alocução de abertura.

-0- PANA SAS/IS/MAR/IZ 29maio2018

29 Maio 2018 14:22:07


xhtml CSS