Mauritânia acolhe conferência regional sobre luta contra extremismo violento

Nouakchott, Mauritânia (PANA) – Uma conferência regional sobre a luta contra o extremismo violento decorre desde terça-feira em Nouakchott, informa a Agência Mauritana de Notícias (AMI).

No encontro participam delegações provenientes do Magrebe e dos países do G5 Sahel,
designadamente a Mauritânia, o Mali, o Burkina Faso, o Níger e o Tchad, de acordo com a fonte.

Esta reunião, organizada pelo projeto SADAGA em colaboração com o Governo mauritano, através do Ministério mauritano dos Assuntos Islâmicos e Ensino Original, vai permitir «  estabelecer uma corrente » de trocas entre os países do Magrebe e do G5 Sahel no quadro da luta contra o extremismo e o fanatismo.

Vai dar-se ênfase nomeadamente às experiências grangeadas pela Mauritânia, pelo Burkina Faso e pelo Mali na luta contra este fenómeno »,  indica a AMI.

Da agenda deste fórum de dois dias constam «exposições teóricas sobre o papel na Mauritânia do Ministério dos Assuntos Islâmicos e Ensino Original ».

A conferência resulta da constatação do secretário-geral do Ministério mauritano dos Assuntos Islâmicos e Ensino Original, Idrissa Issagha, segundo a qual « o extremismo tornou-se num fenómeno transfronteiriço que visa estorvar todos os esforços de desenvolvimento social».

-0- PANA SAS/SSB/SOC/FK/DD 11out2017

11 Outubro 2017 13:09:46


xhtml CSS