Maurícios manifestam-se contra pobreza no país

Port-Louis- Maurícias (PANA) -- Uma marcha pacífica está prevista para quarta-feira nas ruas de Port-Louis com vista a sensibilizar a população sobre a pobreza nas ilhas Maurícias, soube a PANA segunda- feira de fonte associativa.
"Os Maurícios devem tomar consciência da situação alarmante do nível da pobreza na ilha", declarou Eddy Sadine, da Plataforma dos Cidadãos Engajados, uma Organização não Governamental local que promove a marcha no quadro da celebração do Dia Internacional contra a Pobreza.
"As primeiras vítimas da pobreza são as crianças e muitas delas dormem nas ruas", disse, antes de denunciar a indiferença dos Maurícios face a este problema.
"Pretendemos falar do desenvolvimento e do crescimento económico na ilha, mas não há, na realidade, nenhum projecto concreto que tome em conta os três aspectos primordiais - social, ambiente e cultura", deplorou Sadine, que exortou os responsáveis de instituições religiosas e de ONGs a estar mais presentes no terreno.
Segundo Vinod Allgoo, da ONG "Art of Living", com esta actividade, a sua organização pode encorajar todas as outras, redes e movimentos a concentrar-se em problemas como o comércio equitativo, a educação, a saúde, os direitos das mulheres, a questão da dívida, o HIV/Sida e o desenvolvimento.

16 Outubro 2007 14:45:00


xhtml CSS