Marrocos prende 2 Africanos subsarianos por imigração ilegal

Rabat, Marrocos (PANA) - Marrocos deteve dois Africanos subsarianos por suspeita de envolvimento na organização da migração ilegal na cidade de Nador, no nordeste do país, afirma um comunicado do Ministério do Interior divulgado quinta-feira.

Os dois suspeitos foram presos na terça-feira, após uma operação ilegal de migração de 58 pessoas a partir da costa de Nador para a Espanha, acrescenta o comunicado sem pecisar as suas nacionalidades.

A nota indica que as autoridades de Nador, que faz fronteira com o enclave espanhol de Melilla, na fronteira do norte de África, detiveram e levaram à justiça desde janeiro passado mais de 230 pessoas, de origem marroquina e de outrros países da África Subsariana, por suspeitas de envolvimento na organização de redes de migração ilegal.

Devido à proximidade das suas costas da Espanha, Marrocos conhece há anos o fluxo de milhares de migrantes da África Subsariana, através do Estreito de Gibraltar,  a 14 quilómetros da margem norte do Mediterrâneo.

O Marrocos diz que está a intensificar os seus esforços para combater a migração ilegal neste verão, depois que centenas de migrantes foram introduzidos em território espanhol.

-0- PANA AT/MA/IZ 7set2018

07 Setembro 2018 20:12:08


xhtml CSS