Marrocos cria centro de estudos sobre mulher

Rabat- Marrocos (PANA) -- O Marrocos acaba de se dotar do seu primeiro centro de informação, documentação e estudos sobre a mulher (CMIDEF) inaugurado no fim-de-semana em Rabat.
A inauguração deste centro teve lugar na presença nomeadamente de Zoulikha Nasri, conselheira do rei Mohammed VI do Marrocos e da secretária de Estado para a Família, Infância e Deficientes, Yasmina Baddou, foi anunciado segunda-feira, em Rabat.
Esta estrutura terá por missão, nomeadamente, a recolha e tratamento dos dados demográficos e estatísticos relativos à situação da mulher, elaboração de estudos e trabalhos de reflexão sobre a mulher e implementação de programas de formação e formação contínua segundo as necessidades dos departamentos governamentais interessados.
O CMIDEF trabalhará igualmente para opoiar as decisões públicas, coordenar o conjunto das acções nacionais e locais levadas a cabo a favor das mulheres e criar uma sinergia entre os actores da sociedade civil, segundo a mesma fonte.
Primeiro do género no Marrocos, este centro foi criado graças a uma parceria entre a Secretaria de Estado e a Comissão Europeia, no quadro da 2ª vertente do projecto de apoio ao desenvolvimento humano e integração social.

12 Outubro 2004 21:33:00


xhtml CSS