Manu Dibango visita Brasil

Bruxelas, Bélgica (PANA) - O músico camaronês de reputação internacional Manu Dibangu, Grande Testemunha da Organização Internacional da Francofonia (OIF) para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016, partiu para o Brasil com o objetivo de arantir "o uso e a visibilidade da língua francesa" dante as provas olímpicas, indica um comunicado da OIF transmitido à PANA em Bruxelas.

Durante a sua estada até 19 de março corrente no Brasil, Manu Dibango vai manter encontros com os  representantes  do Comité Olímpico Internacional (COI) e do Comité dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, bem como com as autoridades governamentais brasileiras.

O comunicado acrescenta que  esta visita do Grande Testemunha da OIF se increve no quadro da celebração do Dia Internacional da Francofonia e visa mobilizar a sociedade civil e todos os amantes da língua francesa no Brasil para a colocar ao serviço do diálogo das culturas no quadro dos Jogos Olímpicos de 2016.

O programa da estada de Manu Dibango inclui nomeadamente um grande concerto da Francofonia com músicos brasileiros, quinta-feira, na Casa de França.

No dia seguinte, o músico africano, pai do Makossa,  procederá  à plantação duma mangueira no Jardim Botânico, em companhia de Carlos Nuzman, presidente dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016.

Através desta cerimónia simbólica, a OIF e os organizadores dos Jogos pretendem lembrar que a mangueira, importada de África, é plantada nos pátios de habitação onde ela serve como “árvore de  conversa”, sublinha o comunicado.

O Grande Testemunha da OIF terá, por outro lado, a oportunidade para visitar várias escolas para discutir com alunos  que aprendem a língua francesa com vista a sensibilizá-los sobre a diversidade linguística e cultural, segundo o comunicado.

-0- PANA AK/JSG/FK/TON 15março2016

15 Março 2016 17:50:19


xhtml CSS