Mandado de captura contra Patassé faz manchete em Bangui

Bangui- R.
Centro-Africana (PANA)
-- Jornais centro-africanos congratularam-se sexta-feira com o anúncio pelo procurador da República do mandato de captura emitido contra o presidente deposto Ange-Félix Patassé.
"Ao emitir finalmente um mandado de captura internacional contra o ex-ditador Patassé, acusado de um desvio de 70 biliões de FCFA (cerca de 12 milhões de dólares), de assassinatos, estupros, golpe à segurança interna e externa do Estado, a justiça centro- africana ergueu a cabeça e dota-se doravante de meios para combater a impunidade e julgar todos os que cometeram crimes neste país, sob a cobertura do poder político", escreveu o diário "Le Citoyen".
Com o título "A justiça alveja o MLPC: adeus ao Estado de graça !", o "Le Confident", diário pro-governamental, afirma que "o procurador da República junto do Tribunal de primeira instância de Bangui já carregou no desencadeamento do cilindro compressor", daí a conclusão "quem semea o vento colhe a tempestade" que serve de aviso ao Movimento de Libertação do Povo Centro-Africano (MPLC, ex-partido no poder).
Num outro artigo, o mesmo jornal refere-se à advertência dirigida pelo procurador Firmin Feïndiro aos oficiais da Polícia Judiciária acusada de ter incorrido em derrapagens durante uma reunião de concertação.
"Certos oficiais da Polícia Judiciária contornaram o ministério público.
Por razões inexplicáveis, alguns não acatam mais as instruções da Procuradoria salvo se estas servem os seus interesses.
Alguns vão até ao ponto de dar contra-instruções após analisarem as instruções que lhes são dadas", escreve o mesmo jornal.

29 Agosto 2003 12:22:00


xhtml CSS