Mali preconiza manobras militares da CEN-SAD contra insegurança

Tripoli- Líbia (PANA) -- O ministro maliano da Defesa e Antigos Combatentes, Natié Plea, defendeu, sexta-feira, em Tripoli, a organização de manobras comuns e exercícios militares conjuntos entre os países da Comunidade dos Estados Sahelo-Sarianos (CEN-SAD).
Segundo o governante maliano, tais ações favorecerão a operacionalização das Forças Armadas desses países para fazer face a crises e gerir situações reais de insegurança que afetam a faixa sahelo-sariana.
Natié Plea falava numa entrevista concedida à PANA, no quadro da quarta reunião dos ministros da Defesa da CEN-SAD, realizada a 30 de Junho último, na capital líbia, Tripoli.
Ele citou como exemplo as ações realizadas por alguns países da região tais como a Argélia, o Mali, a Mauritânia e o Níger através da instalação dum Estado-Maior conjunto destinado, não a exercícios militares conjuntos, mas a executar juntos missões de luta contra a grande criminalidade, o tráfico de droga e o terrorismo.
Apelou para a aplicação rápida das decisões da CEN-SAD sobre a harmonização e a coordenação dos esforços das Forças Armadas deste agrupamento sub-regional face à grande criminalidade.
De acordo ainda com Plea, este fenómeno afeta o espaço do Grande Sara, a faixa Sahelo-Sariana até ao Mar Vermelho e que a droga que provém da América Latina é transportada através deste circuito até à Europa.
O governante maliano indicou que o seu país não é o mais afetado pelos desafios da droga e do terrorismo, explicando que ele se situa na faixa do Sara que é atravessada por este fenómeno e que é objeto de utilização tanto pelos traficantes de droga como pelos terroristas.
Segundo ele, a droga deixa a América Latina e atravessa países costeiros da região antes de chegar ao Mali.
O ministro maliano da Defesa e Antigos Combatentes, afirmou, a este propósito, que o seu país está a trabalhar para se inscrever num sistema em que seja necessário para todas as partes interessadas unir as suas forças para lutar contra o tráfico de droga e o terrorismo.

02 Julho 2010 21:15:00




xhtml CSS