Mali cria gabinete do Comité de Normalização do Futebol

Bamako, Mali (PANA) - A antiga ministra maliana das Relações com as Instituições da República, Daou Fatoumata Guindo, foi designada presidente do Gabinete do Comité de Normalização do Futebol maliano, em crise há quatro anos, soube a PANA de fonte desportiva.

Este gabinete de cinco membros, criado quarta-feira, na presença de emissários da FIFA chegados terça-feira à capital maliana, tem por missão preparar a eleição do presidente da Federação Maliana de Futebol (FEMAFOOT) num prazo de seis meses.

Num primeiro tempo, o Comité vai procurar estabilizar o futebol e reunir os seus atores em redor do desporto rei que está em crise há quatro anos.

Dois campos opostos lutam pelo controlo do futebol maliano.

Um dos campos é liderado por Mamoutou Touré cuja eleição à frente da FEMAFOOT, a 9 de outubro último, em assembleia geral, foi contestada pelo campo oposto conduzido por Sahala Baby, que denunciou a irregularidade desta eleição, criticando a crise que o futebol maliano já enfrentava.

Quarta-feira, as duas partes, depois duma audiência com os delegados da FIFA, apertaram-se as mãos e enterraram as suas divergências, revela uma fonte próxima do dossiê.

Daou Fatoumata Guindo será coadjvado pelo também antigo ministro Mamadou Gaoussaou Diarra, como vice-presidente do gabinete, que tem como membros Mahamadou Samaké Sam (antigo presidente do Stade Malien de Bamako), Youssouf Diallo e Loséni Bengaly.

-0- PANA GT/JSG/MAR/IZ 12jan2018

12 Janeiro 2018 17:51:36




xhtml CSS