Mali contrata em 2017 mais de 800 agentes na Função Pública

Bamako, Mali (PANA) - O Mali lançará, de 4 a 12 de novembro de 2017, um concurso para recrutar funcionários públicos, nos setores da saúde e do desenvolvimento rural, entre outros, soube-se de fonte oficial no fim de semana em Bamako.

Precisar-se-á de 814 novos agentes em diversas corporações da Função Pública mais 46 outros para a Escola Nacional de Administração (ENA), ou seja no total 860 agentes a contratar, prevendo-se para tal uma massa salarial global anual de quase um bilião e 900 milhões de francos CFA (mais de três milhões de dólares americanos), soube-se sábado de fonte segura.

De acordo com a mesma fonte, o objetivo essencial do recrutamento a nível da Função Pública é prover vagas de empregos nos serviços públicos, e, portanto, satisfazer as necessidades em termos de pessoal da administração para o seu bom funcionamento.

Segundo as estatísticas do Ministério maliano da Função Pública, de 2014 a 2016, três mil 217 funcionários foram recrutados, dos quais mil e 36 em 2014, entre os quais 673 homens e 363 mulheres, mil e 95 agentes em 2015, dos quais 758 homens e 337 mulheres, bem como mil e 86 agentes em 2016, dos quais 750 homens e 336 mulheres.

Estas estatísticas mencionam igualmente que o Mali possui 41 mil 911 funcionários ativos para todas as categorias, dos quais 14 mil 758 mulheres, e que mil 882  deverão fazer valer os seus direitos à reforma a partir de 1 de janeiro de 2018.

À sua ascensão ao poder em setembro de 2013, o Presidente maliano, Ibrahim Boubacar Kéita, prometeu a criação dos 200 mil empregos, dos quais mais de 100 mil criados nos setores público e privado, refere-se.

-0- PANA GT/BEH/FK/DD 02out2017

02 Outubro 2017 12:50:49


xhtml CSS