Mali acolhe cimeira extradordinária de países do G5 Sahel

Bamako, Mali (PANA) – A capital maliana, Bamako, alberga esta segunda-feira, por iniciativa do Presidente do Mali, Ibrahim Boubacar Kéita, uma cimeira extraordinária dos chefes de Estado do G5 Sahel, anuncia um comunicado oficial.

Segundo a nota, esta cimeira realiza-se num contexto de ressurgimento do terrorismo com o atentado de Gao (norte do Mali), a 18 de janeiro de 2017. Esta reunião permitirá refletir sobre a situação de segurança no Mali e o seu impacto no Sahel.

O G5 Sahel realizou antes duas cimeiras extraordinárias em fevereiro e dezembro de 2014, em Nouakchott (Mauritânia), e uma reunião ordinária em N’Djamena (Tchad), a 20 de novembro de 2015.

Organizou igualmente encontros  setoriais sobre a segurança, a radicalização, a juventude e a promoção da mulher, bem como reuniões de alto nível com o sistema das Nações Unidas, com a União Europeia (UE), com a União Africana (UA) e com alguns parceiros bilaterais e multilaterais.

Os líderes dos Estados do Sahel decidiram lançar um processo de identificação e aplicação das ações requeridas para enfrentar os grandes desafios da região como o reforço da paz e da segurança, o desesenvolvimento das zonas de fraca densidade humana, a segurança alimentar,  o desenvolvimento das infraestruturas (transporte, energia, hidráulica, telecomunicações), as mudanças climáticas e a gestão da água, entre outros.

O G5 agrupa o Mali, o Níger, o Tchad, a Mauritânia e a Argélia, numa iniciativa que visa vencer o terrorismo e outros banditismos sob todas as suas formas na faixa sahelossariana.

-0- PANA GT/BEH/FK/IZ 6fev2017

05 Fevereiro 2017 14:28:10


xhtml CSS