Malawi perde 600 hectares de floresta por incêndios

Mulanje- Malawi (PANA) -- O Malawi perdeu mais de 600 hectares de florestas densas devido aos incêndios registados durante quase um mês junto do Monte Mulanje, a cerca de 100 quilómetros sul da capital Blantyre, disse sexta-feira um ambientalista.
"Estamos a lutar contra estes incêndios há mais de quatro semanas", declarou à PANA Hastings Maloya, responsável de Comunicação da Empresa de Conservação do Monte Mulanje (MMCT), um projecto financiado pelo Banco Mundial.
O Monte Mulanje, a mais antiga reserva do Malawi, alberga espécies raras de árvores e animais, incluindo o Cedro Mulanje, a "árvore nacional do Malawi" e o primeiro destino turístico do país.
"Possui um bom número de animais e espécies de plantas que dificilmente podem ser encontrados noutros lugares do mundo, disse Maloya, que descreveu os incêndios como "catastróficos".
Pelo menos 420 hectares de florestas densas ficaram queimadas há algumas semanas no Planalto de Zomba, distrito do mesmo nome, no leste do Malawi.
De acordo com Maloya, os incêndios são alimentados pelo período da seca no país, que perde cerca de 40 mil hectares de floresta por ano.

09 Setembro 2005 20:07:00


xhtml CSS