Malawi envia contingente para missão de paz na Côte d'Ivoire

Blantyre, Malawi (PANA) - O Malawi enviou um contingente de 850 soldados no âmbito da missão de paz das Nações Unidas na Côte d'Ivoire, segundo o comandante das Forças de Defesa do Malawi,  o general Marko Chiziko.

No discurso da cerimónia de partida das tropas na terça-feira em Lilongwe, a capital, o general Chiziko disse que os soldados - especialistas em combates terrestres - foram formados em  manutenção da paz pelosEexércitos canadianos, britânicos e americanos.

«Estamos prontos para a nossao missão na Côte d'Ivoire», declarou Chiziko.

O Presidente malawiano, Bingu Wa Mutharika, que também é o comamdante em chefe das Forças de Defesa do Malawi, disse aos soldados que a sua missão na Côte d'Ivoire não será uma sinecura.

«O vosso país de destino, a Côte d'Ivoire, atravessa uma situação muito complexa. Não saberão realmente quem e o inimigo. São todos Ivoirienses que falam a mesma lingua, se vestem da mesma maneira e comem a mesma comida",  sublinhou.

Mutharika, em qualidade de atual presidente da União Africana, esteve em Abidjan (capital económica ivoiriense) em fevereiro último para ajudar na resolução rápida do litígio eleitoral entre o Presidente cessante, Laurent Gbagbo e Alassane Ouattara, considerado como o vencedor da segunda volta das eleições presidenciais de 28 de novembro de 2010,  descreveu a crise neste país oeste-africano como "uma guerra entre irmãos e irmãs, entre primos e tios".

«O vosso profissionalismo será severamente testado», frisoui o estadista malawiano.

Laurent Gbagbo foi detido segunda-feira pelas forças de alassane Outtara, apoiadas pelos soldados franceses e onusianas.

O general Chiziko anunciou que um outro contingente de 600 soldados se juntará ao primeiro no decorrer do ano 2011.

-0- PANA RT/VAO/NFB/TBM/IBA/CCF/DD 12abril2011

12 april 2011 16:37:46




xhtml CSS