Mais de 270 mil euros para abastecimento de água em Cabo Verde

Praia- Cabo Verde (PANA) -- O governo cabo-verdiano vai investir este ano mais três milhões de contos cabo-verdianos (mais de 270 mil euros) para reforçar o abastecimento de água e saneamento básico nas ilhas S.
Vicente, Santiago, Sal e Boa Vista.
Segundo o ministro cabo-verdiano de Estado e das Infra- estruturas, Manuel Inocêncio Sousa, todos os projectos tem o financiamento garantido, encontrando-se alguns deles já em curso.
Em S.
Vicente vai arrancar, dentro em breve, a primeira fase do Plano Sanitário do Mindelo, considerado como estruturante para aquela ilha.
Este projecto está estimado em mais de um milhão de contos cabo- verdianos (cerca de 100 mil euros).
Em relação a Santiago, a maior e mais habitada do arquipélago, Manuel Inocêncio anunciou que se vai começar também com o projecto de abastecimento de água e saneamento da vila da Calheta de S.
Miguel, cujo investimento ultrapassa os 500 mil contos (cerca de 50 mil euros).
No concelho do Tarrafal, vai-se arrancar com a segunda fase do projecto de abastecimento de água da zona de Chão, um projecto que vai absorver perto de 200 mil contos (cerca de 20 mil euros).
Foi igualmente anunciado que o governo vai começar brevemente a execução da primeira fase do projecto de abastecimento de água e saneamento das ilhas do Sal e da Boa Vista e que está orçado em cerca de 200 mil contos cabo-verdianos (cerca de 20 mil contos).
Uma segunda fase deste projecto será desenvolvida posteriormente, indica-se.

26 Janeiro 2004 12:51:00


xhtml CSS