Magistrados põem termo à greve no Burkina Faso

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) – Os magistrados burkinabes anunciaram sexta-feira o fim da sua greve que paralisou durante muito tempo a instituição judicial, tendo o Governo dado uma resposta favorável à sua plataforma reivindicativa.

Os magistrados burkinabes observaram uma greve de 24 de fevereiro a 1 de março do corrente ano para reclamar por melhores condições de trabalho e mais independência para a Justiça.

Num comunicado divulgado no mesmo dia, o comité intersindical dos magistrados convida os seus membros a fazer com que « mais que nunca, por uma afirmação suficiente do sentido de responsabilidade em todos os níveis, a independência, a eficácia e a credibilidade da justiça sejam uma realidade”.

-0- PANA NDT/JSG/MAR/IZ 27março2016

27 Março 2016 07:11:01


xhtml CSS