MSF anuncia fim do Ébola na Libéria

Túnis, Tunísia (PANA) - A organização Médicos sem Fronteiras (MSF) anunciou sábado o fim da epidemia de Ébola na Libéria após 42 dias sem novos casos declarados, exortando à vigilância até que seja totalmente erradicada a pior propagação do vírus hemorrágico que assolou igualmente a Guiné Conakry e a Serra Leoa, dois países vizinhos da Libéria.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) indicou que 11.005 pessoas morreram de Ébola desde o início da propagação do vírus em dezembro de 2013 na Libéria, na Guiné Conakry e na Serra Leoa.

Metade das mortes foi registada na Libéria onde a situação atingiu o seu máximo entre os meses de agosto e outubro último com centenas de casos notificados por semana, provocando a preocupação internacional.

De acordo com os Médicos Sem Fronteiras, a Libéria permaneceu durante 42 dias sem novos casos, respeitando, assim, o prazo estrito imposto pela OMS. Este prazo representa duas vezes o tempo de incubação do vírus, sublinha a organização, exortando à vigilância.

'' Nós não podemos parar enquanto os três países não registraram durante 42 dias novos casos declarados'', disse a chefe da missão dos MSF, Teresa Cacciapuoti.

-0-   PANA AD/IN/DIM/TON   9 maio 2015

09 Maio 2015 19:03:50


xhtml CSS