MNE tchadiano eleito novo presidente da Comissão da UA

Addis Abeba, Etíopia (PANA) - O ministro tchadiano dos Negócios Estrangeiros, Moussa Faki Mahamat, foi eleito, segunda-feira, presidente da Comissão da UA, durante a 28.ª cimeira ordinária da União Africana (UA), após uma sétima ronda de escrutínio.

Ministro tchadiano dos Negócios Estrangeiros desde 2008, Mahamat venceu o voto maioritário dos 53 membros, batendo a sua homóloga do Quénia, Amina Mohamed, inicialmente tida como a favorita para ganhar depois duma campanha maciça.

Esta última felicitou o seu adversário a quem desejou muitos êxitos, enquanto o seu país manifestava a sua gratidão pelo papel desempenhado pela presidente cessante, Nkosazana Dlamini-Zuma, segundo Manoah Esipisu, porta-voz do Presidente queniano, Uhuru Kenya.

A candidata queniana saiu vencedora da primeira volta com 16 votos, seguida pelo Tchadiano com 14 votos.

O candidato senegalês, o professor Bathily Abdoulaye, obteve 10 votos durante a primeira volta do escrutínio, tal como a ministra dos Negócios Estrangeiros do Botswana, Pelomeni Verson Moitoi, na quarta posição, seguida por Agapito Mba Mokuy da Guiné Equatorial, último clasisificado com três votos.

O candidato tchadiano venceu na quinta volta com 28-25 e mais tarde venceu a sétima última volta.

-0- PANA AO/MA/MTA/IS/SOC/MAR/IZ 31jan2017

31 Janeiro 2017 09:25:06




xhtml CSS