MNE francês pede mobilização da UE por Darfur

Bruxelas- Bélgica (PANA) -- O ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Michel Barnier, apelou a União Europeia (UE) para se "mobilizar no terreno político e humanitário" para prevenir o risco de uma catástrofe humanitária em Darfur, no oeste do Sudão.
"É preciso continuar a fazer pressão sobre o governo sudanês para que respeite os seus compromissos, desarme as milícias locais, assegure o acesso mais cómodo e mais fácil para os comboios humanitários", declarou Barnier segunda-feira à margem de uma reunião de chefes da diplomacia da UE, em Bruxelas.
"Há urgência para prevenir o drama humanitário que está em curso", acrescentou, sublinhando a necessidade de encaminhar ajuda humanitária por helicópteros ou aviões às populações sinistradas.
Barnier indicou que a França ia financiar, até dois milhões de euros, a locação de um avião para transportar os stocks de ajuda alimentar disponíveis.
O ministro francês dos Negócios Estrangeiros anunciou que se deslocaria ao Tchad e ao Sudão a 27 de Julho.
O conflito que eclodiu em Darfur em Fevereiro de 2003 entre uma rebelião local e as milícias pro-governamentais fez cerca de 10 mil mortos, um milhão de deslocados e mais de 100 mil refugiados no Tchad, indicam os dados oficiais.

13 Julho 2004 12:46:00




xhtml CSS