MNE argelino elogia papel de seu país na formação de profissionais africanas

Argel, Argélia (PANA) – O ministro argelino dos Negócios Estangeiros e Cooperação Internacional, Ramtane Lamamra, elogiou o papel desempenhado pela Argélia na formação de muitas mulheres dirigentes e personalidades eminentes africanas, afirmando que mais de 50 mil quadros africanos recebram a sua formação no país, após a independência.

O chefe da diplomacia argelina, que falava numa cerimónia organizada no último fim de semana por ocasião da celebração do Dia da Mulher Africana, sublinhou que as realizaçôes  feitas pela Argélia em diferentes domínios ''permitiram partilhar esta riqueza científica e cultural com vários países irmãos e amigos do continente africano.''

Por seu lado, a ministra da Solidariedade Nacional, Família e Condição da Mulher, Mounia Meslem, salientou a importância deste dia, comemorado desde 1999, lembrando que a União Africana havia instituído este dia histórico para prestar homenagem ao papel da mulher africana que  permitiu traçar estratégias visando promover o lugar da mulher.

Meslem elogiou as conquistas da mulher africana no domínio do ensino superior e da formação no âmbito da cooperação Sul-Sul, em que a Argélia permanece engajada graças aos  seus recursos humanos e materiais".

-0- PANA AD/IN/DIM/IZ 04ago2015

04 august 2015 12:10:33


xhtml CSS