Luta contra migração clandestina começa pela segurança das fronteiras da Líbia

Tripoli, Líbia (PANA) - O vice-ministro líbio do Interior, Mohamed Al-Cheibani, defendeu quinta-feira que o combate à migração clandestina começa pela securização da fronteira sul da Líbia acompanhada de uma perseguição sem tréguas dos grupos de contrabando.

Esta asserção foi feita durante uma reunião, quinta-feira, entre Al-Cheibani, a embaixadora e chefe da missão da União Europeia (UE) na Líbia, Bettina Muscheidt, e o chefe da missão da Organização Internacional para as Migrações (OIM) na Líbia, Othman Belbissi.

Num comunicado divulgado no mesmo dia no seu site Internet, o Ministério líbio do Interior  declara que al-Cheibani discutiu com a embaixadora europeia sobre a cooperação conjunta na luta contra o fenómeno da migração clandestina.

Al-Cheibani sublinhou que o Ministério do Interior está a trabalhar para o encerramento dos centros de migrantes ilegais e limitar o número de refúgios a um número reduzido de pessoas que podem ser controladas.

O ministro líbio do Interior que dirigiu a delegação líbia à Conferência Internacional de Altos Responsáveis sobre as questões de segurança organizada em Sotchi, na Rússia, sublinhou a necessidade de a comunidade internacional apoiar a Líbia nessas circunstâncias, precisando que o seu país "apela para a paz e a luta contra o terrorismo".

-0- PANA BY/BEH/MAR/IZ 26abril2018

26 Abril 2018 19:00:09


xhtml CSS