Lurdes Mutola única "sobrevivente" da Golden League

  Maputo- Moçambique (PANA) -- A campeã olímpica e mundial dos 800 metros, a moçambicana Maria de Lurdes Mutola, é desde domingo último a única "sobrevivente" da Golden League, um concurso promovido pela Federação Internacional de Atletismo.
Mutola isolou-se na lista dos concorrentes ao tão almejado prémio, ao ganhar pela quinta vez consecutiva em Berlim a prova dos 800 metros com o tempo de 1.
59,01 minutos.
Suplantou a sua arquirival, a austríaca Stephani Graf,  com o tempo de 1.
59,32 e ainda a marroquina Mina Hammou (1.
59,37) e a británica Kally Holmes (1.
59,68).
A outra concorrente, que entretanto já perdeu o "barco" face à sua derrota na prova dos 100 metros, era a  cidadã das Bahamas Chandra Sturrup.
Falando à rádio pública moçambicana, Rádio Moçambique, Mutola disse estar a fazer uma boa época, e que esperava  ainda obter mais resultados positivos.
Garante que não corre pelo dinheiro, mas pelo prazer do desporto.
"Bem, se o dinheiro está lá, num prato, claro que é bem vindo, mas não é pelo dinheiro que corro é por gosto", disse a "menina de Ouro" de Moçambique.
Na Golden League está em jogo um milhão de dólares ou  o equivalente a esse valor em euros, e os atletas devem vencer seis provas consecutivas para serem elegíveis ao prémio.

12 Agosto 2003 18:44:00




xhtml CSS