Luanda sacudida por tremor de terra

Luanda- Angola (PANA) -- O centro de Luanda, capital de Angola, foi abalado segunda-feira à tarde por um tremor de terra que durou cerca de 20 segundos, obrigando a evacuação imediata de moradores e trabalhadores de alguns edifícios, constatou a PANA.
   Segundo o chefe da Divisão de Geofísica do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET), Vasco José, o fenómeno, que não causou vítimas nem danos materiais, foi de baixa intensidade e os edifícios altos tremeram mais por possuírem maior fundação.
   O sismo teve uma magnitude de 6,8 na escala de Ritcher e o seu epicentro situou-se a 55 quilómetros da localidade de Kalemy, na vizinha República Democrática do Congo (RDC), mas foi sentido em Luanda porque os dois países partilham a mesma estrutura transcontinental.
   Além de Angola e da República Democrática do Congo, a Tanzânia, o Quénia e o Ruanda também sentiram o tremor de terra.
O INAMET havia registado a ocorrência de actividade sísmica em Angola a 11 de Maio de 2003 quando um tremor de terra foi sentido na província do Bié (centro).
Em Março do mesmo ano, relatos das populações indicavam a ocorrência de sismos durante três dias consecutivos na província da Huíla (sul).
Na altura, o INAMET alertou que Angola corria o risco de ser afectada por actividades sísmicas.
   Dados estatísticos indicam que a terra já tremeu muitas vezes em Angola e, segundo especialistas, entre 1943 e 1975 foram sentidos 129 sismos no país.
  

06 Dezembro 2005 10:11:00


xhtml CSS