Líbios chamados a um esforço transcendental para saírem de crise

Brazzaville, Congo (PANA) - O presidente da Comissão da União Africana (CUA), Moussa Faki Mahamat, convidou, sábado em Brazzaville, os Líbios a fazer um o esforço transcendental e de responsabilidade.

"Convido-vos, do fundo do coração, a envidarem esse esforço transcendental e de responsabilidade. Nesta senda, podemos contar, sem limite, com a União Africana, todos os com seus órgãos, com todos os seus mecanismos e todos os seus meios", disse  o diplomata tchadiano ao serviço pan-africano, na abertura da quarta reunião do Alto Comitá da UA sobre a Líbia.

"A exclusão, o fanatismo, o extremismo e a tendência funesta a impor soluções setárias, as do tudo ou nada, é isto o perigo encarnado", advertiu.

"Juntem as vossas posições para salvarem o vosso povo do seu sofrimento comum, para conjugarmos, juntos, os nossos esforços comuns em prol dos vossos interesses comuns. A solução da crise líbia só se realizará pelo consenso, reconciliação entre todos, participação e envolvimento de todos", considerou o presidente da CUA.

Segundo ele, as dores da tragédia comum só se superam com sacrifício coletivo de todos os que sofrem, choram e rezam pela paz.

Também frisou que uma grande oportunidade se apresenta para a paz e reconciliação dos Líbios, exortando-os a terem  a coragem e sabedoria de "não traírem o vosso povo, os vossos irmãos africanos, árabes em religião e os vossos numerosos amigos no mundo".

-0- PANA MB/JSG/SOC/MAR/DD 10set2017

10 Setembro 2017 12:41:40




xhtml CSS