Líbia recupera 15 mil arquivos da Túrquia

Tripoli- Líbia (PANA) -- O Escritório Líbio de Documentação e Manuscritos recuperou da Túrquia 15 mil documentos dos arquivos do Império Otomano que demostram a ocupação da Líba pela Túrquia quando este território da África do Norte estava sob o regime colonial italiano.
Uma fonte próxima do Comitê popular geral (minstério) líbio para o Turismo disse quinta-feira que a restituição destes documentos se inscreve no âmbito da implementação das decisões tomadas pelo Congresso Popular de Base da Líbia sobre a devolução dos manuscritos, pergaminhos, documentos e trabalhos arqueológicos líbios levados pelos ocupantes turcos.
A recuperação destes documentos representa um primeiro passo no repatrimento das demais obras exibidas actualmente nos múseus turcos, de acordo com a mesma fonte.
O Departamento Líbio de Antiguidades, prossegue a fonte, exige presentemente a recuperação de cinco mil documentos da Túrquia.
A 2 de Dezembro de 1999, a Líbia recuperou uma obra-prima arqueológica.
Trata-se duma estatueta de Vénus, deusa de amor e de beleza, que data do século II depois de Jesus Cristo, levada da Líbia em 1939 pelos ocupantes italianos.
Além disto, a Líbia repatriou 15 caixas de descobertas arquelógicas da Itália, de acordo com a Declaração Conjunta Líbio-Italiana assinada em Julho de 1998.

23 Junho 2006 21:08:00


xhtml CSS