Líbia e Qatar defendem prosseguimento de esforços para paz em Darfur

Tripoli- Líbia (PANA) -- O secretário do Comité Popular Geral (ministro) líbio das Relações Exteriores e Cooperação Internacional, Moussa Koussa, e o ministro de Estado qatariota dos Negócios Estrangeiros, Ahmed Bin Abdallah Al Mahmoud, decidiram segunda-feira prosseguir os seus esforços para a reconciliação entre as partes implicadas na crise em Darfur, no oeste do Sudão.
Os dois governantes sublinharam igualmente durante o seu encontro ocorrido na capital líbia, Tripoli, a importância da instauração "o mais cedo possível" da paz e da segurança na província de Darfur, além da necessidade de prosseguir os esforços de apaziguamento da tensão nas relações entre o Tchad e o Sudão.
O Qatar iniciou, lembre-se, uma mediação que associa medianeiros das Nações Unidas, da União Africana (UA) e da Liga Árabe (LA), que permitiu lançar em 2008 um processo de negociações em Doha entre o Governo sudanês e os movimentos rebeldes de Darfur.

07 Julho 2009 17:28:00




xhtml CSS