Líbia e ACNUR discutem sobre situação de migrantes

Tripoli, Líbia (PANA) – O alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), Filippo Grandi, reuniu-se neste fim de semana em Nova Iorque (Estados Unidos) com o Presidente do Conselho Presidencial do Governo de União Nacional, Fayez al-Sarraj, com que analisou a situação dos refugiados e migrantes na Líbia e a ação da agência onusina neste país.

Decorrida na sede da missão líbia junto das Nações Unidas, a reunião permitiu aos dois interlocutores abordarem questões da imigração e do asilo.

Al-Sarraj aproveitou a ocasião para expor ao os problemas com que a Líbia está confrontada devido ao fenómeno da imigração clandestina, considerando que o ACNUR pode contribuir para melhorar a situação humanitária dos migrantes clandestinos nos abrigos controlados pelo Ministério do Interior na Líbia até ao seu repatriamento.

No mesmo contexto, o ACNUR discutirá com o Ministério líbio dos Negócios Estrangeiros sobre as relações jurídicas e processuais entre as duas partes a fim de que tudo possa ser cumprido em conformidade com as leis líbias.

O líder líbio evocou os problemas e dificuldades encontrados pela Líbia enquanto país de trânsito para migrantes que precisem de ajuda, saudando todas as instituições internacionais e organismos que desejem cooperar com o Governo de Reconciliação Nacional  face a este fenómeno que tem dimensões humanitária, económica e de segurança.

-0- PANA BY/BEH/SOC/FK/DD 24set2017

24 Setembro 2017 09:48:03


xhtml CSS