Lendário jazzista sul-africano quer respeito pela sua vida privada apos retirar-se do palco

Cidade de Cabo, África do Sul (PANA) - O lendário jazzista sul-africano, Hugh Masekela, pediu o respeito pela sua vida privada depois de ter confirmado a sua retirada do palco devido a um cancro agressivo de próstata que acaba de lhe ser diagnosticado.

O trompetista, cornetim, compositor e interprete, Masekela está sobre o controlo médico para um cancro da próstata desde 2008 ano em que médicos descobriram uma pequena "mancha" na sua bexiga.

O tratamento parecia bem funcionar mas em março de 2016, foi operado porque o cancro se propagava.

Em abril de 2017, enquanto estava em digressão por Marrocos, caiu e feriu-se no ombro.

"Comecei a sentir-me desequilibrado quando andava e o meu olho esquerdo se agitava. Um novo tumor foi descoberto e em setembro de 2017, sofrei um tratamento de urgência e o tumor foi neutralizado", declarou num comunicado.

Hugh Masekela, o pai do animador de televisão, Sal Masekela, é conhecido pelas suas composições de jazz, bem como por suas canções contra o apartheid, como "Soweto Blues" et "Bring Him Back Home".

Além disso, o arcebispo Desmond Tutu, um outro Sul-africano célebre, mas que também padece dum cancro de próstata, festejou o seu 86 aniversário natalício na cidade do Cabo no último fim de semana.

Assistiu à revelação dum monumento "Arch for Arch" (Arca para Arca), edificado em sua honra, feito de madeira curvada, onde são gravadas extratos da Constituição sul-africana.

-0- PANA CU/VAO/FJG/BEH/SOC/MAR/DD 10out2017

10 Outubro 2017 09:43:44


xhtml CSS