Lançada companha de recompra de excedentes de milho no Togo

Lomé- Togo (PANA) -- O ministro togolês da Agricultura, Pecuária e Pescas, Komikpim Bamnante, procedeu, na semana passada, ao lançamento de uma campanha de recompra de excedentes de milho estimado em 44 mil toneladas para o período 2002-2003.
Estes excedentes provocaram uma queda drástica dos preços nos mercados, segundo o Ministério da Agricultura, estando um saco de cem quilos a custar consequentemente quatro mil FCFA (6,94 dólares).
Segundo o ministro Bamnante, esta medida vai permitir aos camponeses "acabarem com o antigo stock com vista a enfrentarem a nova campanha em boas condições e reforçarem o stock de segurança alimentar para prevenir as eventuais subidas de preço".
Falando destes excedentes, o governante indicou que eram fruto da boa pluviometria de que beneficiou o país durante o período e igualmente da distribuição, pelo governo, dos estrumes de qualidade aos camponeses, bem como a sensibilização dos camponeses pelos peritos sobre as novas técnicas agrícolas.
As direcções regionais da agricultura e o Observatório para a Segurança Alimentar no Togo (OSAT) estão encarregues do acompanhamento da operação.

02 Novembro 2003 20:49:00


xhtml CSS