Kibaki estabelece comunicação com financiadores de fundos

Nairobi- Quénia (PANA) -- A comunidade dos financiadores de fundos manifestou a sua intenção de retomar a sua assitência à Quénia, formado que está o novo governo, desde segunda-feira última.
Esta revelação foi feita sexta-feira pelo novo presidente quéniano, Mwai Kibaki, após ter anunciado o seu governo, numa conferência de imprensa.
Prometeu velar para que a Quénia possa respeitar as condições impostas pelos financiadores de fundos.
Os financiadores tinham suspendido a sua assistência à Quénia desde há uma década, alegando a má gestão e a recusa do governo em votar leis par combater a corrupção.
Quando passava o poder segunda-feira ao Kibaki, o ex-presidente Daniel Arap Moi acusou os financiadores de fundos de terem sabotado o seu governo, congelando a ajuda estrangeira necessária.
Todavia, o novo chefe do estado garantiu que aprovação das leis contra a corrupção e crimes económicos são as prioridades do programa do Parlamento, assim que começar as actividades legislativas, na próxima semana.
O antigo executivo e os financiadores de fundos estavam em conflito a respeito destes dois projectos de lei supracitados.

03 يناير 2003 20:32:00




xhtml CSS