Kenya Airways inicia voos directos para China

Nairobi- Quénia (PANA) -- A companhia aérea do Quénia, a "Kenya Airways", lançou os seus voos directos para Guangzhou, na China, para responder à "crescente procura" de produtos africanos neste país asiático, segundo os responsáveis da empresa.
O director-geral da Kenya Airways (KA), Titus Naikuni, sublinhou que a nova rota revela-se necessária devido também à cada vez maior demanda de artigos chineses particularmente em África.
"Os interesses do itinerário são numerosos e estamos a aumentar mais valor a isso ligando todas as cidades comerciais desta parte do mundo", declarou Naikuni terça-feira em Nairobi durante a cerimónia formal de lançamento dos voos.
O primeiro voo deixou Nairobi sábado com 720 empresários locais idos para a China para se inteirar das oportunidades de negócios com os seus colegas asiáticos.
As viagens de ida e volta da KA vão incluir escalas em Banguecoque e Hong Kong com três frequências semanais via Dubai.
A transportadora introduziu a 2 de Outubro passado voos para Maputo, a capital de Moçambique, com escala em Harare, para além de duas novas frequências semanais para esta capital zimbabweana.
De acordo com Naikuni, a companhia planeia expandir os seus serviços a vários destinos africanos e abrir novas linhas.
Em Julho, a KA estabeleceu o voo Dakar-Bamako-Nairobi para responder às necessidades dos homens de negócios e de diplomatas que vivem dentro e fora desta região da África Ocidental.

19 Outubro 2005 19:34:00




xhtml CSS