Kadafi projecta mediação entre Egipto e Argélia

Tripoli- Líbia (PANA) -- O líder líbio e Presidente em exercício da União Africana (UA), Muamar Kadafi, ofereceu-se para desanuviar a tensão nas relações entre o Egipto e a Argélia resultante dos incidentes violentos que acompanharam o jogo de futebol disputado recentemente entre as equipas dos dois países para a qualificação para o Mundial de 2010, indicou a Agência Líbia de Notícias (JANA).
As relações diplomáticas entre a Argélia e o Egipto deterioraram-se devido à violência dos adeptos das equipas nacionais dos dois países após a vitória da selecção argelina por 1-0, quarta-feira última, em Cartum (Sudão), sobre a sua similar egípcia, para obter a sua qualificação para o Mundial de 2010 na África do Sul.
Os dois países convocaram os seus respectivos embaixadores.
O secretário-geral da Liga Árabe, Amr Moussa, exortou Kadafi, segunda-feira, durante uma conversa telefónica, a intervir para apaziguar a tensão que abala actualmente as "relações arabo-árabes" em alusão à crise entre a Argélia e o Egipto.

24 Novembro 2009 16:02:00




xhtml CSS