Kadafi exortado a intervir na crise de Darfur

Tripoli- Líbia (PANA) -- A Presidência em exercício da Comunidade dos Estados Sahelo-Sarianos (CEN-SAD) exortou o coronel líbio Muamar Kadafi a intervir pessoalmente na busca duma solução urgente ao problema de Darfur, no oeste do Sudão, um país membro deste agrupamento regional.
De acordo com a agência noticiosa líbia (JANA), este apelo foi lançado pelo chefe de Estado maliano Amadou Toumani Touré, actual presidente em exercício da CEN-SAD, durante uma audiência que concedeu esta semana, em Bamako, ao secretário-geral da organização, Mohamed Al-Madani Al-Azhari.
Este último indicou, por seu turno, que todos os países da comunidade estavam dispostos a apoiar os esforços do coronel Kadafi para a resolução dessa crise.
De acordo ainda com a JANA, o chefe de Estado maliano recordou, a esse respeito, que o líder líbio dispunha de um mandato para patrocinar a paz no espaço CEN-SAD e que gozava da confiança de todas as componentes da sociedade sudanesa.
O apelo do Presidente maliano ao coronel Kadafi segue-se a vários outros convites a si endereçados a esse respeito, nomeadamente, pela presidência da União Africana, governo sudanês, Coligação Nacional da oposição sudanesa e pelas autoridades tchadianas.
A CEN-SAD agrupa o Benim, Burkina Faso, República Centro- Africana, Côte d'Ivoire, Djibuti, Egipto, Eritreia, Gâmbia, Guiné-Bissau, Libéria, Líbia, Mali, Marrocos, Níger, Nigéria, Senegal, Somália, Sudão, Tchad, Togo e Tunísia.

12 august 2004 13:12:00




xhtml CSS