KLM retoma voos para Zimbabwe

Harare, Zimbabwe (PANA) - A companhia aérea holandesa KLM retomou terça-feira os seus voos com destino ao Zimbabwe, após 13 anos de suspensão.

Os aviões da companhia efetuarão três voos por semanas a partir dos Países Baixos e servirão igualmente a Zâmbia.

O regresso da KLM ao mercado zimbabweano é o último duma série de companhias aéreas regionais e internacionais, tendo em conta a estabilidade económica e política que prevalece agora neste país da África Austral.

A maioria das companhias aéreas retiraram-se do Zimbabwe nos últimos 10 anos, após a crise política e económica resolvida há três anos graças à formação dum Governo de coligação.

"A retomada dos nossos voos é não só importante do ponto de vista turístico, mas também um sinal de apreciação do desenvolvimento económico realizado no Zimbabwe com a equipa no poder", declarou o vice-presidente da KLM Dutch Airlines para o Marketing Regional, Pieter Bootsman.

O ministro do Turismo do ZImbabwe, Walter Mzembi, acolheu com satisfação o regresso da companhia aérea.

Segundo ele, trata-se duma "enorme aprovação da estabilidade económica e política do país e deverá ajudar a atrair outras transportadoras aéreas".

"Politicamente, é um evento maior para a marca Zimbabwe, enquanto economicamente isto mostra ao mundo externo que temos confiança no Zimbabwe", congratulou-se.

A companhia nacional aérea de Moçambique, a LAM, retomou igualmente quarta-feira os seus voos para o Zimbabwe a partir de Maputo com três rotações por semana.

-0- PANA RS/SEG/NFB/JSG/MAR/TON 31out2012

31 Outubro 2012 11:39:23




xhtml CSS