Justiça mauritana emite mandados de captura contra responsáveis de companhia aérea

Nouakchott,  Mauritânia (PANA) – Um juiz de instrução do Tribunal de Nouakchott lançou mandados de captura internacionais contra três antigos responsáveis da defunta companhia aérea privada Mauritanie Airways, soube a PANA esta sexta-feira na capital mauritana de fonte judicial.

Trata-se do ex-diretor-geral, o Tunisino Moncef Ben Badis, e de dois antigos membros da direção, a Tunisina Ridha Jmael e o Mauritano Mohamed Lemine Ould Deidah.

Esta decisão foi tomada após a colocação em detenção preventiva, terça-feira última, do ex-presidente do Conselho de Administração da companhia, Mohamed Ould Debagh.

Os antigos responsáveis da Mauritanie Airways são acusados de "falência fraudulenta e  falsificação em escritura privada, bem como abusos de bens sociais".

O capital da ex-companhia aérea estava repartido entre a Tunis Air (51 porcento), o empresário mauritano Mohamed Ould Bouamatou (39 porcento) e o Estado mauritano (10 porcento).

-0- PANA SAS/AAS/FK/TON 08fev2013

08 Fevereiro 2013 13:08:26




xhtml CSS