Junta compromete-se a restaurar democracia no Níger

Niamey- Níger (PANA) -- O líder da Junta no poder no Níger, o chefe de Esquadrão Salou Djibo, anunciou domingo, numa mensagem à nação, que antes de entregar o poder aos civis vai restaurar a democracia e o Estado de Direito no Níger.
Djibo disse que o Conselho Supremo para a Restauração da Democracia (CSRD), a Junta no poder, comprometeu-se a velar pelo respeito escrupuloso dos direitos humanos consagrados e garantidos pela lei e pelos instrumentos jurídicos internacionais assinados e ratificados pelo país.
Ele comprometeu-se igualmente a restaurar a ordem constitucional num prazo razoável que será proposto pelo Conselho Consultivo que será brevemente instaurado.
"O saneamento da situação política e económica, em particular a luta contra a impunidade, a corrupção e os tráficos de influência, com base em princípios simples de verdade, justiça e equidade" figuram igualmente entre as prioridades do CSRD.
O chefe de Esquadrão Salou Djibo indicou que o CSRD vai velar pelo "desenvolvimento mineiro e petrolífero do país com rigor e transparência, no interesse da nossa nação e no respeito das convenções internacionais aos quais o Níger aderiu".
O líder da Junta prometeu igualmente que o Governo de transição vai empenhar- na luta contra a fome no Níger, onde mais de três milhões de pessõas estão ameaçadas pela insegurança alimentar.

01 Março 2010 11:36:00


xhtml CSS