Jovem morta a tiro por militar em Ouagadougou

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) - Uma jovem foi baleada mortalmente neste fim de semana em Ouagadougou por um militar que, de imediato, se suicidou usando a mesma arma, de tipo AK47, contra si, soube-se esta segunda-feira de fonte de segurança.

Num comunicado publicado esta segunda-feira, o Tribunal Militar explicou que o incidente mortal ocorreu sábado último à noite, a 19 de maio de 2018, por volta das 23 horas 15 minutos no perímetro do Grupo de Segurança e Proteção Republicana (GSPR), a pertence o militar em causa.

O soldado da primeira classe levou a jovem, que era a sua namorada, perto dum posto de guarda donde saiu no mesmo sábado de manhã, precisamente às oito horas locais, lê-se no documento.

Depois de pedir a um guarda a autorização de acesso para recuperar uma comissão, aproveitou para entrar numa área de repouso onde desviou uma arma de tipo AK47 e fez tiros ao ar.

Apontou logo a arma contra a sua namorada e disparou contra ela à queima-roupa antes de se suicidar, usando a mesma arma.

Enquanto não se sabe das causas desta tragédia, um inquérito foi aberto pela Gendarmaria a fim de situar as responsabilidades, segundo o Tribunal Militar.

-0- PANA NDT/JSG/FK/DD 21maio2018

21 Maio 2018 11:35:44


xhtml CSS