Jornalistas egípcios condenados por violar decisão judicial

Cairo- Egipto (PANA) -- Cinco jornalistas egípcios foram condenados quinta-feira a uma multa de 10 mil pounds egípcios (cerca de mil 800 dólares americanos) por terem violado uma decisão judicial que impunha silêncio em relação a um processo por homicídio contra um industrial egípcio, Hisham Talaat Mustafa.
O Governo proibiu a publicação de informações relativas ao julgamento de Mustapha que, em Junho passado, tinha recrutado um ex-agente de polícia para matar, em Dubai, a cantora libanesa Suzanne Tamim.
A cantora foi encontrada no referido período degolada no seu apartamento em Dubai.

28 Fevereiro 2009 12:06:00




xhtml CSS